Teatro de Senhoritas


Seja bem vindo ao blog do Teatro de Senhoritas! À direita você encontra nosso perfil e contatos, lista de links e seguidores, arquivos e muitas fotos. Abaixo estão nossas páginas com informações detalhadas sobre cada projeto, cada espetáculo, cada senhorita e cada oficina cultural. No início você acompanha nossas postagens com o dia-a-dia das senhoritas e dicas culturais como apresentações e cursos. Mas atenção, as senhoritas não se responsabilizam por mudanças nos horários ou locais divulgados. Confira sempre a programação nos sites ou blogs específicos indicados. Fique à vontade para comentar e obrigada pela sua visita.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Crítica do espetáculo "Entre Divas e Senhoritas" - Feita por Gilson Filho e Publicada em seu Blog

Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

por Gilson Filho

Perto de cem pessoas tiveram o privilégio de assistir neste final de semana “Entre Divas e Senhoritas” que a Cia. Teatro de Senhoritas apresentou no Espaço Cultural SantelisaVale aqui em Ribeirão Preto. Um espetáculo extraordinário que remeteu o público a uma experiência emotiva, sensorial... Ao apagar das luzes na platéia, surgiu no palco duas jovens atrizes brilhantes: Sandra Pestana e Isis Madi. Ambas extremamente competentes e talentosas. Não bastasse isso, elas também criaram o texto a partir de um bem cuidado trabalho de pesquisa. Foram às raízes da história do teatro paulista. Buscaram entre atores e atrizes que “viveram” a era TBC, depoimentos que souberam transformar em delicada e emocionante dramaturgia. Além da construção das personagens, texto, cenas, propuseram figurinos, cenários, encenação... Ao trabalho impecável das atrizes soma-se o de Débora Zamarioli que dirigiu o espetáculo. Zamarioli imprimiu à cena um jogo de interpretações verdadeiras e distanciamento. Sua direção é limpa, direta , criativa,simples. A simplicidade leva o público a um mergulho nos meandros da imaginação, reflexão e a catarse tão difícil de ser encontrada nos palcos atualmente. A direção é segura e chega plenamente à realidade que se propõe mostrar, ou seja, “as expectativas e desilusões do ofício de ator do ponto de vista feminino”. O amigo Luis Cláudio pergunta: mas cem pessoas na platéia não é pouco? Não, não é pouco. Hoje acredito firmemente que o teatro não é uma arte de massa. Quem vai ao teatro é uma minoria que ainda quer pensar, sentir, emocionar-se, refletir, ver arte. E foi com essas sensações vividas que o público deixou o Espaço Cultural SantelisaVale depois de ver essas verdadeiras novas divas do teatro paulista no palco.

Gilson Filho -
Antonio Gilson Balzacchi Brigagão
Jornalista e Diretor de Teatro.Coordenador Programa Ribeirão Em Cena. X Prêmio Herzog de Jornalismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário